09/02/2015

Filme: "O Jogo da Imitação (2015)"

"As vezes, são as pessoas que ninguém imaginaria... que conseguem fazer coisas inimagináveis."

"The Imitation Game" é um espetáculo de filme que vale cada minuto assistido, pois é praticamente impossível se arrepender de assistir uma obra desse nível. Não conhecia a história de Alan Turing e, depois de assisti-lo, busquei ler artigos sobre sua biografia.

O cineasta norueguês Morten Tyldun não mediu esforços para produzir uma obra impactante, os detalhes de época são incríveis, até as máquinas originais da Segunda Guerra Mundial, além de algumas cenas serem filmadas em locais onde fatos aconteceram de verdade, garantindo a autenticidade do filme.

O filme foi baseado (em partes) no livro "Alan Turing: The Enigma" escrito por Andrew Hodges. Recebeu indicações ao Oscar 2015 nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora e Melhor Designer de Produção. Ganhou a estatueta na categoria de Melhor Roteiro Adaptado.

Outras cinebiografias já retrataram a vida de Turing, mas nenhuma aprofundou-se tanto na vida deste homem que sofreu com a castração química por injeção de estrogênio, devido a sua homossexualidade e morreu aos 41 anos de idade.

Durante o inverno de 1952, as autoridades britânicas invadem a casa do matemático, criptoanalista e herói de guerra Alan Turing (Benedict Cumberbatch) para investigar um assalto. No entanto, o rapaz é preso por atentado ao pudor.
Esta acusação levaria o gênio à sua sentença devastadora pela ofensa de homossexualidade. Contudo, as autoridades não imaginavam que estavam sentenciando o pioneiro da computação.
Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto os aliados estavam bem distante da vitória devido os alemães usarem uma máquina de criptografia chamada Enigma, o gênio matemático Turing, que aos 27 anos de idade liderava uma equipe de estudiosos, formado por Stwart Menzies (Mark Strong), Commander Denniston (Charles Dance), John Cairncross (Allen Leech), Nock (Rory Kinnear) e Joan Clarke (Keira Knightey), a única mulher do grupo trabalhava na codificação de um código.
Escondidos em uma instalação secreta, os cinco jovens trabalhavam contra o relógio para decifrar o código secreto nazista, e assim, ajudar a salvar milhões de vidas.
"O Jogo da Imitação" mostra a vida de Alan Turing em três momentos cruciais, a adolescência do gênio, a fase em que o cientista, pai da computação, se aprofunda no trabalho e a fase da condenação.
Acompanhamos as aflições e conflitos deste homem, obcecado pelo trabalho e que escondia um grande segredo, sendo que a revelação do mesmo acabou custando-lhe sua vida. Alan Turing tentou esconder esse segredo tendo uma falsa relação amorosa com Joan, uma mulher a frente do seu tempo.
"O Jogo da Imitação" mostra um período extremista, onde a homossexualidade era proibida por lei. Pensava-se que era uma doença passível de ser tratada com fortes dosagens de estrogênio. Em 2013, a Rainha Elizabeth II concedeu o perdão após 59 anos da sua morte, que sofreu a castração química, mas que ajudou a salvar a vida de 14 milhões de pessoas.
É um grande filme que vale a pena ser apreciado atentamente.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 114 minutos
Categorias: Biografia, Thriller, Drama
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário