01/02/2015

Curta-Metragem de Animação - 1ª Edição (1932)

Muitas pessoas apreciam assistir os Curtas de Animação e, apesar de ser a mais democrática das categorias do Oscar, por indicar e premiar produções sem distinção da nacionalidade e ter boa parte das obras disponíveis gratuitamente no Youtube, ainda é pouco conhecida.

 Diante disso, pretendo difundi-la para todos os leitores e visitantes do blog, para isso elaborei essa postagem especial, onde trarei todos os curta-metragens indicados ao Oscar, em todos os anos. 

A categoria de Curta-Metragem de Animação surgiu somente na quinta edição do Oscar, esta foi realizada em 1932 com o nome de Short Subjects (Cartoos). Walt Disney é o recordista de indicações, foram 57 indicações que ele recebeu. Na primeira edição do Oscar de Curta-Metragens de Animação, Walt Disney recebeu 2 indicações e a terceira ficou com a Warner Bros.

Confira abaixo os três curta-metragens indicados ao Oscar em 1932.

Curta-metragem: Flores e Árvores (1932) - - Estados Unidos da América
"Flowers and Trees" foi o primeiro curta-metragem a vencer o Oscar e também é a primeira produção totalmente em cores. Esse curta é um legítimo exemplar da série Silly Symphonies que tem 75 curta-metragens e durou de 1929 até 1939, sendo que este é o exemplar número 29. Contou com a direção de Burt Gillett.

O enredo é simples e relata a vida simples na floresta, onde árvores, flores e cogumelos vivem tranquilamente, até que uma árvore oca e invejosa tira a harmonia de todos, provocando um incêndio. Porém, a união dos pássaros consegue deter as chamas. Confira o curta-metragem clicando AQUI.

Curta-metragem: Pai de Órfãos (1931) - - Estados Unidos da América
"Mickey's Orphans" é o primeiro curta-metragem da série estrelada pelo Mickey. Existe uma sincronia entre ação e trilha sonora, deixando o curta mais harmonioso. Contou com a direção de Burt Gillett.

O curta apresenta uma história bem simples, todo em P&B. Tudo acontece numa noite gelada de Natal, uma idosa deixa um cesto na porta da casa do Mickey, Pluto curioso acaba levando o cesto para dentro da casa e descobre que havia desenhas de gatinhos órfãos. O bichanos começam a destruir toda a casa de Mickey e Minnie. Confira o curta-metragem clicando AQUI.

Curta-metragem: It's Got me Again (1932) - Estados Unidos da América
"It's Got me Again" é o único curta-metragem dessa edição do Oscar que não pertencia a Disney, e sim, a Warner Bros

Este curta também apresenta uma história simples, mostra um grupo de ratinhos fazendo estripulias ao som da melodia It's Got me Again (Benice Petkere e Irving Caesar). O som acaba chamando a atenção de um gato que mora nos arredores. Quando o gato aparece, os ratinhos fogem, exceto um que fica nas mãos do gato, mas seus amiguinhos vão se unir para salvá-lo. Confira o curta-metragem clicando AQUI.

E estes são os três curta-metragens que fizeram parte da primeira edição do Oscar de Melhor-Curta Metragem de Animação. Aproveite para conferir todas essas preciosidades esquecidas do cinema.

Beijos da Scheila!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário