10/12/2014

Filme: "O Poderoso Chefão (1972)"

"Um homem que não se dedica à família jamais será um homem de verdade."

"The Godfather" é um clássico eternizado dos anos 70. Obra-prima de valor incalculável do cinema mundial, que retrata a ação da máfia italiana durante os anos 40. Excelente roteiro, direção, fotografia, figurinos, diálogos, atuações, trilha sonora, enfim,  é um filme completo. Sem dúvida, é um dos filmes mais importantes de toda a história do cinema, sendo considerado o melhor filme de gângster de todos os tempos. Foi dirigido por Francis Ford Coppola, sendo baseado no livro homônimo do escritor Mario Puzzi e seu lançamento aconteceu em 1972.

Recebeu indicações ao Oscar nas categorias de Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Edição, Melhor Figurino, Melhor Mixagem de Som e Melhor Trilha Sonora. Venceu na categoria de Melhor Filme, Melhor Ator e Melhor Roteiro Adaptado.
A história acontece no verão de 1945 e adentramos no mundo da poderosa família Corleone que detém boa parte dos negócios ilegais em Nova York. Conhecemos Don Vito Corleone (Marlon Brando), gângster patriarca da família, o poderoso chefão que controla tudo e todos.
Ele está preparando Santino 'Sanny' Corleone (James Caan) para ser o sucessor dos negócios, deixando o rapaz por dentro de todas as transações. Enquanto isso, Michael Corleone (Al Pacino) é um herói da Segunda Guerra Mundial e vive tranquilamente como um cidadão civil.
A tranquilidade da família Corleone é quebrada quando surge o interesse de outras famílias de mafiosos em introduzir o tráfico de drogas na cidade. O patriarca se posiciona contra, e essa atitude gera uma série de atentados criminosos contra sua família, com o objetivo de conseguirem o apoio dos Corleone.
Don Corleone é baleado pelas costas, mas consegue sobreviver. No hospital, ele sofre outra tentativa de assassinato, mas seu filho Michael salva o pai e jura vingança contra Virgil Sollozzo (Al Lettieri) e o McCluskey (Sterling Hayden). Após esse fato. Michael foge para Sicília, na Itália, onde constitui matrimônio com Apollonia Vitelli (Simonetta Stefanelli).
E enquanto a polícia tenta impedir as atividades da máfia, uma guerra inicia entre os Corleones e membros das cinco famílias rivais. Sonny, Michael e Apollonia sofrem atentados e diante de várias tragédias consecutivas, Don Corleone negocia a paz entre as famílias.
No entanto, Michael se recupera e volta para os Estados Unidos, e após um ano ele se casa com sua antiga namorada Kay Adams (Diane Keaton) e assume o posto do pai no comando da máfia.
Vito Corleone desmaia e morre enquanto brincava com seu neto. Durante o seu velório, Michael marca um encontro com um patriarca de uma família rival. Porém, esse encontro era uma armadilha para matar Michael.
À princípio, o filme parece ser uma simples história sobre mafiosos, mas adentrando na história, o espectador se depara com uma trama complexa e muito bem elaborada. É necessário prestar bastante atenção para descobrir quem traiu quem, porque um matou o outro, e por aí vai...
"O Poderoso Chefão" é um filme atemporal. Os planos foram minunciosamente pensados e são recheados de significados que somente os espectadores bem atentos conseguem captar. A atmosfera do filme deixa-o apreciativo, e mesmo as cenas violentas são sutilmente trabalhadas para não causarem choque no público.
Marcante e realista, é um retrato perfeito de como a máfia era boa e cruel ao mesmo tempo. Recomendo este filme para todos, pois impossível desgrudar os olhos da tela por um segundo sequer.
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 175 minutos
Categorias: Gângster, Drama, Policial, Clássico, Neo Noir
Classificação: 14 anos
Minha Nota: 10,0


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo Correspondente