25/12/2014

Filme: "Feliz Natal (2005)"

"Os homens envolvidos não sentem vergonha. Se eles não vão contar, é porque ninguém acreditaria, ou entenderia."

"Joyeux Noël" é um filme que encontrei por acaso, mas tenho certeza que não foi por acaso que assisti na noite de 24 de dezembro de 2014, pois no momento em que estava assistindo essa obra fascinante do cinema, o mundo comemorava os 100 anos desse evento que marcaria para sempre a vida de muitos soldados que faziam parte das trincheiras durante a Primeira Guerra Mundial.

Essa obra de arte única foi dirigida por Christian Carion e é uma co-produção da Alemanha, França, Bélgica, Noruega, Romênia, Reino Unido e Irlanda. Seu lançamento aconteceu em 2005 e foi indicado ao Oscar na Categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Em 1914, quando a Primeira Guerra Mundial estoura, milhões de pessoas são pegas de surpresas, muitos homens são convocados às pressas para lutarem nas batalhas. Os meses passam e logo chega o Natal, os soldados que encontram-se nas trincheiras recebem presentes dos familiares e do exército.
Era noite de 24 de dezembro de 1914, a tensão nas trincheiras inimigas continua, o inimigo encontra-se presente a poucos metros de distância. Os soldados franceses, escoceses e alemães estão atentos, pois qualquer movimento anormal na trincheira vizinha poderá ser fatal para a sua trincheira.
Mas algo inusitado aconteceria no front ocidental naquela véspera de Natal que mudaria o cenário gelado das trincheiras. Uma confraternização entre todos os soldados das nações inimigas.
Trocas de pequenos objetos, cigarros, chocolates e bebidas, conversas descontraídas sobre as esposas e celebrações religiosas, cantorias natalinas e um jogo de futebol durante o dia de Natal. Parece ficção, mas foi real, a trégua natalina aconteceu.
Soldados e oficiais se misturaram entre seus rivais num evento que não foi programado, não tem Papai Noel, não tem presentes, não tem enfeites e nem luzes, mas tem o verdadeiro espírito do Natal, tem fraternidade, compaixão e respeito pelo semelhante, mesmo que o semelhante seja o soldado da trincheira rival.
"Feliz Natal" trás um casal de cantores líricos enviados ao front para enaltecer o ânimo dos soldados e proporcionar alguns momentos agradáveis para a tropa. Mas o que os alemães não poderiam supor é que a canção "Noite Feliz" cantada pelo alemão poderia desencadear uma confraternização coletiva entre os inimigos. E realmente foi uma noite muito feliz.
Pena que essa trégua natalina não se repetiu nos anos seguintes. A guerra de trincheira deu espaço para terríveis batalhas que foram verdadeiras carnificinas. Mas o Natal e 1914 ficou marcado na história da humanidade. Porque uma guerra é feita por governantes e oficiais que levam as tropas para o front das batalhas por seus caprichos mesquinhos em nome de mais poder.
Imagem real do Natal de 1914
"Feliz Natal" é um dos filmes mais emocionantes que assisti, foi impossível segurar as lágrimas e entrou para o grupo dos meus filmes preferidos e indispensáveis na época de Natal.

Recomendo para todos os apreciadores do cinema, pois obras assim devem ser assistidas inúmeras vezes. 

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 116 minutos
Categorias: Guerra, Histórico, Drama, Romance, Musical
Classificação: 14 anos
Minha Nota: 10,0