29/12/2014

Filme: "Déjà Vu (2006)"

"Acho que todos já tivemos a sensação de que já estivemos em algum lugar antes - eu também já tive."

"Déjà Vu" é um suspense recheado de ação e ficção científica que foi muito bem construído e mostra uma história inteligente e original.

A direção foi de Tonny Scott, mesmo diretor do clássico "Top Gun - Ases Indomáveis" e vários outros filmes de sucesso. Seu lançamento aconteceu em 2006 e foi o 23º filme de maior sucesso nesse mesmo ano.

Na trama, o agente Doug Carlin (Denzel Washington) é chamado para investigar e descobrir o responsável por um gravíssimo atentado a uma balsa, tirando a vida de mais de 500 pessoas.
O agente impressiona a todos no FBI por sua inteligência e competência e acaba sendo convidado para fazer parte de um novo processo de investigação. Doug aceita o convite, e descobre que tudo aquilo que as pessoas acreditam que esteja apenas na mente delas, é na verdade, algo bem mais poderoso.
No entanto, o agente não pretende apenas acompanhar os detalhes de tudo que aconteceu quatro dias antes, ele deseja participar e isso o levará a uma corrida eletrizante contra o tempo para salvar centenas de vidas.
Na medida que a investigação se aprofunda, Doug fica cada vez mais próximo de Claire Kuchever (Paula Patton), a mesma moça que é encontrada morta no início do filme. E essa aproximação vai gerar uma história de amor inovadora, pois acontece de trás para frente.
Todavia, Doug descobre que Claire guarda um segredo que poderá impedir uma catástrofe e ainda impedir a morte da moça, e numa fração de segundos, o agente tem a chance de mudar o futuro.
"Déjà Vu" começa semelhante a tantos outros filmes policiais hollywoodianos, mas a medida que o filme se desenrola, vamos conhecendo elementos inovadores, que o transformam em uma história incomum. Assistimos sequências de perseguições eletrizantes de tirar o fôlego.
A trama ainda acrescente as elementos sobre destino, e questiona: se tivéssemos a oportunidade de voltar no passado e mudar algum acontecimento, o que faríamos?
E certamente, todos nós, alguma vez na vida já sentimos aquele frio na espinha do déjà vu, uma sensação estranha de conhecer profundamente uma pessoa sem nunca tê-la visto antes, ou entrar em um local estranho e sentir como se já estivesse nesse mesmo lugar antes, entre tantas outras manifestações do famoso déjà vu.
Diante disso, "Déjà Vu" é um filme muito bom que merece ser apreciado atentamente.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 126 minutos
Categorias: Ficção Científica, Ação, Thriller, Suspense
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 9,2