15/11/2014

Curta-Metragem: "A Avó (1970)"

Antes do filme "Eraserhead" houve "The Grandmother". Esse curta-metragem de 1970 foi um dos primeiros trabalhos do diretor David Lynch. 

O diretor faz praticamente um prenúncio para o seu longa-metragem, a estética de pesadelos com todos os seus aspectos mórbidos. Lynch mostra todas as suas habilidades entre o surrealismo e os simbolismos. 

O curta de 34 minutos coloca o expectador dentro de um pesadelo perturbador. Assistimos um garoto que é desprezado pelos pais e tratado com extrema violência. Triste, o menino planta uma semente em sua própria cama e no local acaba se desenvolvendo um útero, que eventualmente dá à luz a uma mulher. Essa mulher é amável e começa a dar carinho para o garoto, pois ela nasceu especialmente para dar atenção à ele.
A Avó
"A Avó" possui uma ambientação sinistra e onírica. Existe um contraste horripilante entre a pele branca dos personagens com o fundo escuro do ambiente. Não existe diálogos, apenas uma música macabra, e muitos ruídos, grunhidos e assobios que se encaixam perfeitamente no mundo surreal.

A sensação que este curta passa é de ter adentrado num pesadelo real e tenebroso.

Mais detalhes do curta-metragem na página do IMDb

Classificação: 14 anos
Nota: 9,8

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo Correspondente